Criar uma Loja Virtual Grátis
Rádios Online toca Viola Viva
Rádios Online toca Viola Viva

Rádios Online toca Viola Viva, excelência em música caipira!

A melhor rádio ao vivo do Brasil e da web

 

Aluguel de Flat em Fortaleza
Aluguel de Flat em Fortaleza por Temporada

 


 

Rádios Online   Ouvir Rádios do Mundo e Rádio Viola Viva Mix em tempo Real, Rádios Online

 

Terra FM, a melhor Rádio de Feira da Mata - Bahia

 

Você que gosta de Ouvir Rádios do Mundo inteiro em tempo Real, ouça Rádios Online.

O utilizador explora no mundo, em tempo real, as Rádios que estão com transmissões ao vivo, para isso, basta rodar o globo terrestre. Traz ainda informações do país onde está a ser transmitido o sinal e qual a rádio.

 

Viola Caipira

Tem sua origem nas violas portuguesas, oriundas de instrumentos árabes como o alaúde. As violas são descendentes diretas da guitarra latina que, por sua vez, tem uma origem arábico-persa. As violas portuguesas chegaram ao Brasil trazidas por colonos portugueses de diversas regiões do país e passou a ser usada pelos jesuítas na catequese de indígenas. Mais tarde, os primeiros caboclos começaram a construir violas com madeiras toscas da terra. Era o início da viola caipira.

Tipos de Viola

Existem várias denominações diferentes para Viola, utilizadas principalmente em cidades do interior: viola de pinho, viola caipira, viola sertaneja, viola de arame, viola nordestina, viola cabocla, viola cantadeira, viola de dez cordas, viola chorosa, viola de queluz, viola serena, viola brasileira, entre outras.

Falar da viola caipira é falar de um dos símbolos mais fortes da cultura brasileira. A viola caipira é, sem sombra de dúvida, senão o mais importante, um dos mais populares instrumentos da cultura brasileira.

Simbolo Nacional

A viola é o símbolo da original música sertaneja, conhecida popularmente como moda de viola ou música raiz. No Brasil, é um instrumento tradicional. Músicas entoadas em suas cordas atravessaram décadas, gerações e, até hoje, estão presentes no nosso dia a dia, na cultura brasileira. Em Minas Gerais, Paraná, São Paulo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, entre outros, a viola tem destaque, onde a tradição da moda de viola é passada de geração pra geração. A viola é um instrumento com um potencial fora do normal. O músico e instrumentista já falecido Renato Andrade comprovou isso, nos estudos que fez, conseguindo imitar instrumentos como: Harpa de concerto, Harpa Paraguaia, Guitarra Portuguesa, Bandolim Napolitano, Balalaica Russa e, como ele sempre dizia, também "imitar a viola"!

Lendas e Histórias

Existem diversas lendas e histórias acerca da tradição dos violeiros e a respeito das afinações da viola. O nome da afinação "Cebolão" seria do fato de as mulheres chorarem, emocionadas ao ouvirem a música, como quem corta cebola.

A afinação Rio Abaixo seria originada na lenda de que o Diabo costumava descer os rios tocando viola nessa afinação e, com ela, seduzia as moças e as carregava rio abaixo.

Do violeiro que utiliza esta afinação diz-se, eventualmente, que pode estar enfeitiçado ou ter feito pacto com o demônio. Acredita-se que a arte de tocar viola seja um dom de Deus, e quem não o recebeu ao nascer nunca será um violeiro de destaque. Porém, a lenda diz que mesmo a pessoa não contemplada com este dom pode adquirir habilidade de um bom violeiro. Uma das opções seria uma magia envolvendo uma cobra-coral venenosa, conhecida como simpatia da cobra-coral. Outro modo seria fazer rezas no túmulo de algum antigo violeiro, na sexta-feira da paixão. Há ainda a possibilidade do violeiro firmar um pacto com o Diabo para aprender a tocar viola.

O pesquisador Antônio Candido conta que na região da Serra do Caparaó, assim como em outras, o Diabo é considerado o maior violeiro de todos. Tal mito explica a quantidade de histórias, em todo o Brasil, de violeiros que teriam feito pacto com o Diabo para tocarem bem. Entretanto, o violeiro que faz este tipo de pacto não vai para o inferno, já que todos no "céu" querem violeiros por lá. Uma característica típica dos violeiros do nordeste é o duelo de tocadores. Todo bom violeiro se auto-afirma o melhor da região e, se outro violeiro o contraria, o duelo está começado.

Em certas regiões, por tradição, as violas carregam pequenos chocalhos feitos do guizo da cascavel, pois, segundo a lenda, tem poder de proteção para a viola e para o violeiro. Segundo contam os violeiros de antigamente, o poder do guizo chega a quebrar as cordas e até mesmo o instrumento do violeiro adversário.

 

 

 

Viola hick

has its origin in the Portuguese violas, derived from Arabic instruments like the lute. Violas are direct descendants of Latin guitar, in turn, has an Arabic - Persian origin. The Portuguese arrived in Brazil violas brought by Portuguese settlers from various regions of the country or countries began to be used by the Jesuits in catechesis Indians. Later, the first mestizos began building guitars with rough timber land. It was the beginning of the viola.

Types Viola

There are several different names for Viola, used primarily in the inner cities : Pine viola, viola, viola hinterland, a wire guitar northeastern viola, viola cabocla, teal viola, viola ten strings tearfully viola, viola queluz, serene viola, Brazilian guitar, among others.

Talking

the viola is talking about one of the strongest symbols of Brazilian culture. The viola is, without a doubt, senãoo more importantly, one of the most popular instruments of Brazilian culture.

National Symbol

Viola is the symbol of the original country music, popularly known as fashion or violates roots music. In Brazil, it is a traditional instrument. Songs sung in their ropes crossed decades, generations, and even today, are present in our daily lives, in Brazilian culture. In Minas Gerais, Paraná, São Paulo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, among others, the viola has highlighted, where the tradition of fashion viola is passed geraçã, to the generation. The viola is an instrument with a potential unusual. The late musician and instrumentalist Renato Andrade proved that, in the studies that did, managing to imitate instruments such as harp concert, Paraguayan Harp, Portuguese Guitar, Mandolin Napolitano, Russian Balalaika and as he always said, too " mimic the viola "

Legends and Stories

There are many legends and stories about the tradition of guitar players and about the viola tunings. The name of the tune " Cebolão " would be the fact that women cry, excited to hear the music, like someone cutting onions.

Downstream pitch would originated the legend that the Devil used to come down the rivers that violates afinaçãoe playing with her girls seduced and carried downstream.

Do

guitarist who uses this tuning is said eventually that can be bewitched or have made a pact with the devil. It is believed that the art of playing the viola is a gift from God, and those noo received at birth will never be a featured guitarist. However, legend has it that even the person not included with this gift can acquire skill of a good luthier. One option would be a magic involving a venomous coral snake, known as Sympathy coral snake. Another way would be to pray at the tomb of some old guitarist, on Friday Passion. There is also the possibility of signing a guitar player deal with the devil to learn to play guitar.

researcher Antonio Candido says that in the Sierra Caparaó region as well as in others, the devil is considered the greatest guitarist of all. This myth explains the amount of stories, throughout Brazil, the guitarists who have made a covenant with the devil to touch as well. However, the guitarist who does this kind of deal does not go to hell, since all the " sky " guitarists want there. A typical characteristic of guitarists Northeast is the dueling players. Every good guitarist itself says the best regiãoe if another guitarist the contrary, the duel is begun.

In certain regions, by tradition, the violas carry rattles made of small rattle of rattlesnakes because, according to legend, has power protection for the viola and the guitar player. According count the guitarists of the past, the power of the rattle reaches the ropes to break and even the instrument of the adversary guitarist.